Postado em 10 de Abril de 2018 às 16h24

O referente errante: The Waste Land e sua Máquina de Teses

Notícias em destaque (318)

André Cechinel é professor, tradutor e doutor em literatura. Como tradutor, transpôs para o português autores como James Joyce, Linda Hotcheon e Jodith Butler. Nesta obra, André apresenta sua análise sobre T. S. Eliot.

A obra O referente errante: The Waste Land e sua Máquina de Teses foi produzida em parceria com a Editora da Unesc e apresenta a performance de um poema por muitos considerado o mais importante do século XX, The Waste Land, de T. S. Eliot. O autor analisou as notas explicativas que Eliot adicionou aos versos do poema de 1922, abordando uma ideia controversa à imagem do autor. As notas que deveriam explicar o poema realizam o contrário, remetem a outros textos e outras questões, criando outros problemas.

Veja também

“A tradição literária brasileira: entre a periferia e o centro”28/02/19 O século XXI pode abrir novos aspectos promissores em relação aos estudos literários. Este é o grande objetivo de A tradição literária brasileira: entre a periferia e o centro. Com diversos textos assinados por grandes pesquisadores do País, o livro ocupa-se com obras em circulação de diferentes momentos e recorre a diferentes matrizes......
“Bandidos, forasteiros e intrusos”27/07/16 A obra “Bandidos, forasteiros e intrusos: história do crime no oeste catarinense na primeira metade do século XX” faz uma reflexão sobre a criminalidade na região oeste de Santa Catarina na primeira metade do......

Voltar para Notícias