Postado em 21 de Novembro de 2016 às 16h20

“Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos”

Notícias em destaque (318)
A obra “Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos” propõe a leitura da Literatura das últimas décadas a partir do modo como recoloca em cena os problemas do conhecimento e da experiência na literatura reformulados pela modernidade e, num certo sentido, abandonados pelo modernismo.
Para isso, a autora Susana Scramim faz a leitura de obras de autores como Milton Hatoum, Josely Vianna Baptista, Arturo Carrera, Wilson Bueno, César Aira, Bernardo Carvalho, Carlito Azevedo e Marcos Siscar, e analisa como estes autores retomam os arquivos da modernidade e como se posicionam diante do tempo, investigando o trânsito de determinada questão de uma obra para outra. Diante de um presente marcado pelo excesso de memória, Susana Scramim mostra como os autores propõem a aporia, isto é, um caminho sem método, ou ainda, um método que abre mão da lógica racionalista das polarizações, como base dessa literatura do presente.


Veja também

“A comunicação de mercado em redes virtuais”01/07/16 “A comunicação de mercado em redes virtuais”, com organização de Daniel dos Santos Galindo, é uma obra que apresenta discussão tridimensional sobre uma mesma realidade: as novas ambiências sociotecnológicas que atuam sobre as organizações e suas práticas de trocas com o mercado. A inclusão do termo tridimensional é......
“História, Educação e Cultura Escolar”10/11/16 A cultura não é pensada apenas como expressão da sociedade. É também instituinte desta. Assim, a cultura dos trabalhadores não é apenas resultante do que produzem, mas também das lutas das......

Voltar para Notícias