Postado em 24 de Agosto de 2017 às 16h23

Editora Argos recebe prêmio da ABEU

Notícias em destaque (316)

Além de se orgulhar por sua trajetória de sucesso no ensino superior da região oeste, a Unochapecó tem outro motivo para comemorar. A Editora Argos, especializada em publicar e divulgar pesquisas produzidas na Universidade, completa 25 anos de história neste ano. Em reconhecimento à sua contribuição na difusão do conhecimento, a marca recebeu uma homenagem da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU).

Para a coordenadora da Argos, professora Rosane Silveira, o reconhecimento de mérito é uma maneira de agradecer o trabalho desenvolvido pela Editora em seus 25 anos de atuação. Segundo ela, além de difundir o conhecimento, a Editora promove a construção do saber por meio do acesso à pesquisa e à leitura. “Construímos uma bela história, com ética, seriedade, qualidade e responsabilidade, compartilhando o saber produzido por pesquisadores através da publicação de suas obras”, conta.

Conforme a professora, a chegada dos 25 anos serve como reflexão e motivação para que a Editora acompanhe a transformação do cenário editorial, nacional e internacionalmente, em relação à qualidade do acesso ao conhecimento e ao mercado editorial como um todo. “É necessário reconhecer possíveis alternativas tecnológicas que vêm ao encontro da promoção do saber, tais como e-books, que quebram as barreiras e limites físicos do acesso ao conhecimento, atingindo também mais leitores", explica.

A Editora Argos possui um acervo com aproximadamente trezentos títulos, de autores da Unochapecó e também de outras universidades e outros países, como Giorgio Agamben, Roger Chartier, Susan Buck-Morss e Mario Perniola. Atualmente, a Editora trabalha com sete linhas editoriais: Grandes Temas, Didáticos, Regionais, Perspectivas, Debates, Coleção Sul (ABEU-Sul) e E-book.

 

(Fonte: https://www.unochapeco.edu.br/noticias/editora-argos-recebe-premio-da-abeu-pelos-25-anos)

Veja também

Divulgados vencedores do Prêmio Rio de Literatura30/06/16 O Governo do Rio de Janeiro e a Fundação Cesgranrio divulgaram os vencedores da primeira edição do Prêmio Rio de Literatura. Beatriz Bracher conquistou o prêmio da categoria Ficção, na modalidade Melhor Obra Publicada, com o livro Anatomia do paraíso (Editora 34), enquanto Antonio Arnoni Prado ficou com o primeiro lugar na categoria Ensaio, com o livro......

Voltar para Notícias