Postado em 25 de Maio de 2016 às 16h24

Produção de textos impressos, online, para rádio-TV e fotojornalismo

Notícias em destaque (318)

O livro apresenta orientações teórico-práticas para a produção de textos jornalísticos. Com base em estudos teóricos e em práticas do mercado midiático, é um instrumento produzido para servir de apoio e de orientação, com regras básicas para escrever com objetividade, clareza e precisão. Indica procedimentos para a redação em jornalismo impresso, jornalismo online, radiojornalismo e telejornalismo e orienta para práticas de fotojornalismo. Também apresenta o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, que representa um embasamento comportamental para quem estuda Jornalismo e para os profissionais.
Organizado pelo professor Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira, que também escreveu o conteúdo sobre jornalismo impresso, o livro tem o prefácio do professor José Amaral Argolo, da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e integrante do Centro de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra. Também participam da obra os professores Érico de Assis, que aborda o jornalismo online, Mariângela Storniolo Torrescasana, que trata sobre radiojornalismo, Ilka Goldschmidt Vitorino, responsável pela parte de telejornalismo, e Eliane Marta Fistarol, que trata sobre fotojornalismo.
Conforme o organizador, as indicações do livro não suprimem o aprendizado através dos ensinamentos teóricos e das orientações práticas detalhadas pelos docentes em salas de aula e em laboratórios, muito menos o debate sobre novos procedimentos na área do Jornalismo. Por isso, não tem a intenção de moldar quem o utiliza, muito menos tolher a criatividade na apuração das informações e na redação do texto jornalístico, mas indicar caminhos para que a redação jornalística ocorra de maneira que seja agradável ao leitor, ouvinte ou telespectador.
“O livro pretende contribuir para que o texto seja elaborado com rigor na apuração, seleção e hierarquização correta das informações, planejamento, organização e sequência lógica, com argumentação consistente, e também busca evitar a padronização, para que a construção do texto tenha fluência e seja elegante e atrativa ao receptor”, especifica o professor Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira.

Para adquirir acesse: http://goo.gl/wXowPa

Veja também

Livro conta história que marcou Chapecó em outubro de 195026/04/16 Os acontecimentos de outubro de 1950, que resultaram na prisão, tortura e linchamento de quatro pessoas em Chapecó, marcaram para sempre a história da cidade. Durante anos, o assunto foi proibido e o fato somente teve publicação maior em O Cruzeiro, a principal revista ilustrada brasileira do século XX. A jornalista, professora e escritora Monica Hass começou a......
Educação e Prática Educativa XIII08/09/17 A Argos Editora da Unochapecó participou do curso de capacitação Educação e Prática Educativa XIII. Professores de escolas e universidades parceiras participaram da divulgação e venda no estande da......

Voltar para Notícias