Postado em 27 de Julho de 2016 às 15h38

“Bandidos, forasteiros e intrusos”

Notícias em destaque (318)

A obra “Bandidos, forasteiros e intrusos: história do crime no oeste catarinense na primeira metade do século XX” faz uma reflexão sobre a criminalidade na região oeste de Santa Catarina na primeira metade do século XX. Através de muitas pesquisas documentais e investigações feitas por meio de jornais, entrevistas, consultas em processos criminosos, arquivados nos municípios de Chapecó e Xanxerê, o autor buscou um entendimento, sobretudo nas décadas de 1920 e 1930, sobre o crime, criminosos, forasteiros e a justiça, a forma como os fatos aconteciam, como eram solucionados, e sua relação com o atributo “terra de gente violenta”, que a região recebeu naquela época.
“O processo de colonização, perpetrado a partir da década de 1920, foi marcado pela disputa violenta, em que as maiores vítimas foram os moradores locais, caboclos e índios. Autos de processos criminais, corroborados por depoimentos de antigos moradores, traçam o perfil de uma situação que privilegiou o uso da força física, política e policial.” (MARQUETTI, 2008, contracapa).
A região era marcada como rota para fugas de bandidos e bandoleiros, como lugar de passagem para forasteiros entre os estados do Rio Grande do Sul e Paraná. O autor ainda problematiza as percepções de testemunhas, advogados, juízes, promotores, delegados envolvidos nos processos a respeito da suposta natureza do crime e do criminoso.

Para adquirir acesse: http://goo.gl/fzLRfJ

Veja também

“Pesquisa na pós-graduação em educação: novos horizontes”21/12/18 Esta obra apresenta pesquisas desenvolvidas coletivamente e realizadas no Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Educação da Unochapecó. Os textos, elaborados por diversos pesquisadores, têm o objetivo de tratar as lacunas do ensino pedagógico superior, analisando os problemas enfrentados na educação, no meio acadêmico. A obra fala sobre......
Argos lança “Gestão agroindustrial”01/11/17 Na economia dos últimos anos, observa-se uma série de mudanças, particularmente nas cadeias produtivas pertencentes ao sistema agroindustrial, que afetaram todos os lados, tanto da produção, quanto do consumo. A......
Autor da Argos na coluna do jornal O Globo29/11/19  No dia 24 de novembro, Roberto Acízelo de Souza, autor da obra “E a literatura, hoje?”, foi mencionado na coluna do jornalista Merval Pereira, após o recebimento do prêmio Senador José Ermírio de Moraes,......

Voltar para Notícias