Postado em 19 de Dezembro de 2018 às 16h20

“Inovação em biblioteconomia: temas transversais”

Notícias em destaque (316)

A obra tem o propósito de discutir a biblioteconomia através da modernidade, abordando as novas maneiras de pensar na inovação da profissão. As novas práticas de trabalho estão evoluindo constantemente no mercado atual e os profissionais da biblioteconomia possuem diversas alternativas para se desenvolver na profissão. Um exemplo são as ferramentas digitais, que podem ser utilizadas de forma prática para distribuição do conteúdo.

Ser bibliotecário é ter credibilidade para não somente lidar com informação, mas também para falar sobre informação. Pensando dessa maneira, a obra nos faz refletir sobre a profissão de uma maneira mais social. Por meio de pesquisas que buscam mostrar diferentes maneiras de adaptar a biblioteconomia na realidade da sociedade atual, a obra traz textos e dados dos resultados da utilização dessas metodologias alternativas que muitas vezes deixam de ser exploradas.

A obra está disponível no site da Argos no formato PDF e é possível acessá-la gratuitamente: http://www.editoraargos.com.br

Sobre os organizadores

Orestes Trevisol Neto: graduado em Biblioteconomia e mestre em Ciências da Informação, ambas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente no curso de Biblioteconomia EaD na Universidade Comunitária da Região de Chapecó e bibliotecário da UDESC/Pinhalzinho. É avaliador da Revista ACB e membro editorial da Revista CSBEA. Conselheiro do CRB-14, atuando como coordenador da comissão de divulgação e valorização profissional. Possui interesse em comunicação científica, bibliometria, cienciometria e institucionalização científica e moda enquanto campo de conhecimento.   

Danielly Oliveira Inomata: doutora em Ciência da Informação, pelo Programa de Pós-graduação em Ciências da Informação, da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN/UFSC). Mestre em Ciência da Informação pela UFSC. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Atua como pesquisadora do Núcleo de Gestão para Sustentabilidade (NGS/UFSC) e do Grupo de Pesquisa Informação, Tecnologia e Sociedade (GRITS/UFSC), com foco de interesse em parques tecnológicos e redes colaborativas. Professora do curso de Biblioteconomia, na Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

 

Veja também

“Jornalismo Cultural e crítica: a literatura brasileira no suplemento Mais!”16/11/18 O caderno Mais!, publicado de 1992 a 2010, no jornal Folha de S. Paulo, era um dos principais suplementos de divulgação da literatura no país, foi um grande referencial para o jornalismo cultural brasileiro, além de ter sido bastante prestigiado entre o público especializado.Neste excelente trabalho de pesquisas e análise que captura essas condições......
“História, Educação e Cultura Escolar”10/11/16 A cultura não é pensada apenas como expressão da sociedade. É também instituinte desta. Assim, a cultura dos trabalhadores não é apenas resultante do que produzem, mas também das lutas das......
Argos participa da Abralic 201911/07/19 Durante os dias 15 a 19 de julho acontece, no campus da Universidade de Brasília (UnB), em Brasília (Distrito Federal), a edição 2019 do Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada......

Voltar para Notícias