Postado em 14 de Junho de 2016 às 16h20

“Há uma gota de sangue em cada museu”

Notícias em destaque (318)
“Há uma gota de sangue em cada museu” é uma obra escrita pelo professor Mario de Souza Chagas, mestre em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e doutor em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Ele também é poeta e museólogo.
Este livro trata do tema museus sob o enfoque da ótica museológica do poeta Mário de Andrade. O título do livro surgiu de um trocadilho com o título do primeiro livro de Mário de Andrade, escrito durante a Primeira Guerra Mundial, “Há uma gota de sangue em cada poema”.
Parafraseando o poeta e com base em suas reflexões e práticas, o professor Mario Chagas sustenta que também há uma gota de sangue em cada museu. Segundo o autor, há uma veia poética que pulsa nos museus e na convicção que tanto nos museus quanto nos poemas há um sinal de sangue que conferem a eles uma dimensão demasiadamente humanas.

Para adquirir a obra acesse: http://goo.gl/M6ymtg

Veja também

“Ensaios contemporâneos em saúde: uma perspectiva interdisciplinar”21/12/17 Este livro, organizado por Clodoaldo De Sá, Fátima Ferretti e Maria Assunta Busato, ilustra experiências disciplinares e interdisciplinares de diferentes atores que, abordando temáticas próprias de suas áreas de origem, discutem princípios, processos e práticas, fazendo assim com que quem leia tenha no mínimo um entendimento do caso e assim pode-se......
Dinâmicas regionais e políticas públicas11/07/18 A obra possui uma coletânea de pesquisas realizadas pelos docentes do Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais da Unochapecó e pesquisadores parceiros, em que busca contribuir para a......
Dia do Jornalista e Dia Mundial da Saúde06/04/17 Em comemoração ao Dia do Jornalista e ao Dia Mundial da Saúde, a Editora Argos oferece desconto de 40% em diversos livros que abordam temas relacionados às áreas de Jornalismo e Saúde. A promoção......

Voltar para Notícias