Postado em 02 de Setembro de 2016 às 16h24

Lançamento do livro “Variações sobre o mesmo tema”

Notícias em destaque (318)
Na noite da última segunda-feira (29/08), a Editora Argos, em parceria com o Curso de Letras da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), promoveu o evento de lançamento do livro “Variações sobre o mesmo tema: ensaios de crítica, história e teoria literária”, durante a Semana Acadêmica do Curso de Letras da UFFS.Durante o evento, o Prof. Doutor Roberto Acízelo de Souza realizou a palestra de abertura do evento com o tema “A confluência literatura/educação: suas realizações históricas”. Logo após a palestra, ocorreu o lançamento do livro e a sessão de autógrafos com o autor.O livro “Variações sobre o mesmo tema: ensaios de crítica, história e teoria literária” foi finalista do Prêmio Rio de Literatura, na categoria Teoria Literária, e reúne ensaios representativos dos estudos especializados do autor desenvolvidos nos últimos 12 anos. Não obstante a multiplicidade dos tópicos tratados – desde uma escritora do século XVIII até uma análise da posição da literatura na sociedade contemporânea –, todos têm por objeto problemas literários, considerados em perspectiva crítica, histórica e teórica.
Na noite da última segunda-feira (29/08), a Editora Argos, em parceria com o Curso de Letras da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), promoveu o evento de lançamento do livro “Variações sobre o mesmo tema: ensaios de crítica, história e teoria literária”, durante a Semana Acadêmica do Curso de Letras da UFFS.
Durante o evento, o Prof. Doutor Roberto Acízelo de Souza realizou a palestra de abertura do evento com o tema “A confluência literatura/educação: suas realizações históricas”. Logo após a palestra, ocorreu o lançamento do livro e a sessão de autógrafos com o autor.
O livro “Variações sobre o mesmo tema: ensaios de crítica, história e teoria literária” foi finalista do Prêmio Rio de Literatura, na categoria Teoria Literária, e reúne ensaios representativos dos estudos especializados do autor desenvolvidos nos últimos 12 anos. Não obstante a multiplicidade dos tópicos tratados – desde uma escritora do século XVIII até uma análise da posição da literatura na sociedade contemporânea –, todos têm por objeto problemas literários, considerados em perspectiva crítica, histórica e teórica.







Veja também

“O Gênero Gauchesco: um tratado sobre a pátria”21/12/17 Nesta obra, Josefina Ludmer entra em contato com outro universo verbal, sonoro, o gênero gauchesco, cuja substância é a relação entre vozes ouvidas e palavras escritas. A autora utilizou os tons de vozes e posições do sotaque gaúcho para escrever este livro, em que as palavras são conceitos que estão em contato permanente. Com personagens que foram......

Voltar para Notícias